Ebook

Grátis com

ou R$ 24,90 para não assinantes

Leia no app e no site Ubook

Competências Na Formação Do Professor De Português Como Língua Materna (plm): Uma Perspectiva Intercultural

por José Nilton Santos da Cruz Junior
 
Ubook Premium é a assinatura que dá acesso ilimitado a todo o catálogo da Ubook.
São milhares de livros, documentários, podcasts e revistas, além de descontos na compra de qualquer livro na Ubook Store.
O conceito de competência dentro dos estudos linguísticos tem sido amplamente debatido e reinterpretado ao longo do tempo. Professores que atuam no campo de ensino de línguas, materna e estrangeira, recorrem a esse conceito no intuito de elaborar estratégias que sejam eficientes para a práxis pedagógica frente à realidade diversificada de uma sala de aula. Entretanto, a noção de competência, ou competências, abarca uma série de componentes que se agregam ao vocábulo "competência" - o que justamente lhe dá um caráter múltiplo. A Pesquisa desenvolvida e apresentada nessa dissertação perfaz o percurso histórico da noção de competência dentro dos estudos linguísticos contemporâneos a partir dos dois autores que preconizaram o debate sobre o conceito exposto: Noam Chomsky (1965), com a noção de Competência Linguística e Dell Hymes (1972), com a noção de Competência Comunicativa. Tendo como base os trabalhos iniciais em torno das propostas de tais autores, faz-se uma consideração do que os documentos oficiais que regem a educação no Brasil- os PCN e as OCEM- (Parâmetros Curriculares Nacionais e Orientações Curriculares para o Ensino Médio, respectivamente) dizem a respeito da noção apresentada e sob que perspectiva a introduzem no contexto educacional brasileiro. Além disso, como parte fundamental da pesquisa, trabalhos posteriores de alguns dos autores que se propuseram a rediscutir e ampliar a noção inaugural de Chomsky (1965) e Hymes (1972), a saber, Canale & Swain (1980), Canale (1983), Celce-Murcia, Dornyei & Thurrell (1995), Almeida Filho (1993, 1999, 2000) e Basso (2000, 2008) são analisados e comparados no que tange às propostas por eles elaboradas. O cotejo das propostas de modelos teóricos de competências para o ensino-aprendizagem de línguas desses autores resulta da elaboração de uma proposta alternativa de modelo teórico que leve em consideração o componente intercultural como aspecto fundamental da formação dos professores de Português como língua materna (PLM), bem como a inserção de outras cinco competências mínimas necessárias àqueles que atuarão nas salas de aula promovendo o diálogo intercultural mediado pela Língua Portuguesa no contexto de língua materna. Para tanto, discute-se a relação entre interculturalidade e ensino-aprendizagem no intuito de justificar a inserção da competência intercultural no quadro de competências mínimas à formação do professor de PLM.
Altura
15
Largura
2
Profundidade
11
Autor/Autores
José Nilton Santos da Cruz Junior
ISBN
9786558773573
Editora
Editora Dialética
Idioma
Português Brasil
Tamanho (MB)
0
Formato
EPUB
To Top